Call us toll free: +55 11 3063 2464
Top notch Multipurpose WordPress Theme!
Call us toll free: +55 11 3063 2464

Lançamento do IV concurso do Memória do Esporte Olímpico teve homenagem a Eduardo Coutinho

03 dez 2014 by In Notícias

Memoria Esporte 2014_049

Evento realizado ontem na Cinemateca Brasileira contou com a presença de atletas e cineastas, além de uma homenagem póstuma a Eduardo Coutinho, que iria dirigir um documentário para o projeto

            Com os 210 lugares da Sala BNDES praticamente lotados, a Cinemateca Brasileira recebeu, na noite de 2 de dezembro, a cerimônia de lançamento do quarto ano do Memória do Esporte Olímpico Brasileiro. Em execução desde 2011, o projeto já viabilizou 29 curtas-metragens (26 minutos) e dois médias-metragens (52 minutos) sobre atletas que representaram o Brasil nos Jogos Olímpicos e pretende chegar a 2016 com um acervo superior a 50 títulos.

Durante o evento, foram anunciados o concurso para a seleção pública de oito novos documentários. Cada proposta selecionada receberá R$ 230 mil para ser rodado ao longo de 2015 – qualquer produtora de vídeo brasileira cadastrada na Agência Nacional de Cinema (Ancine) pode concorrer (inscrições até 6 de fevereiro de 2015, pelo site www.memoriadoesporte.org.br).

Houve ainda a exibição de trechos dos 20 filmes da primeira e da segunda edição, além dos nove curtas e dois médias do ano III – essas 11 produções inéditas serão exibidas de 3 a 31 de dezembro, sempre às quartas-feiras, no canal ESPN Brasil (grade de programação no final desse texto; sinopses e fotos no link http://we.tl/b2Tv4yVcPC).

Mestre de cerimônias da noite, o jornalista e locutor esportivo Eduardo Monsanto chamou ao palco Daniela Greeb, diretora geral do Instituto de Políticas Relacionais (IPR), realizador do Memória do Esporte Olímpico, e representantes dos patrocinadores – Rodrigo Diullas (Petrobras); Mary Cantarelli (EBrasil Energia); João Palomino (ESPN Brasil) – e apoiadores – Teder Morás (Ministério da Cultura e Cinemateca Brasileira); Marco Altberg (Associação Brasileira de Produtores Independentes de Televisão – ABPITV).

Entre os atletas enfocados nos documentários de 2014, estiveram presentes a levantadora de peso mineira Maria Elisabete Jorge (Bete do Peso, de Kiko Mollica), a barreirista paulista Wanda dos Santos (Wanda dos Santos – Sem Barreiras, de Cleisson Vidal) e o judoca japonês naturalizado brasileiro Chiaki Ishii (Chiaki Ishii: O Bronze de Mil Outonos, de Bruno Tinoco e Eduardo Levy).

Também compareceram a heptatleta Conceição Geremias (que dá depoimento sobre João do Pulo em João do Vôo – A História de uma Medalha Roubada, de Sergio Miranda e Pedro Simão) e o jogador de polo aquático Ivo Carotini (entrevistado em Szabo, Em Busca do Gol, de Marcos Ribeiro), além de familiares de Tetsuo Okamoto (1932-2007), retratado em O Nadador – A História de Tetsuo Okamoto, de Rodrigo Grota.

Cada um deles recebeu um box contendo os nove curtas-metragens do ano III. O mesmo presente foi entregue aos responsáveis pelos documentários, como André Bomfim (codiretor, com Gustavo Rosa de Moura, de As Incríveis Histórias de um Navio Fantasma, sobre a delegação brasileira que disputou a Olímpiada de 1932, em Los Angeles); Guilherme Peraro (produtor de O Nadador – A História de Tetsuo Okamoto), Kiko Mollica (Bete do Peso) e Rubens Rewald (diretor de Rainha Hortência & Magic Paula).

A lista de cineastas presentes inclui ainda Francisco Ramalho Jr., diretor de Canta Maria (2006) e Besame Mucho (1987), entre outros filmes; Lina Chamie, diretora de Os Amigos, em cartaz nos cinemas e Cao Hamburger, de longas-metragens como O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias (2006) e das séries Castelo Rá-Tim-Bum (1994) e Que Monstro te Mordeu? (2014), da TV Cultura.

About the Author:

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »