Call us toll free: +55 11 3063 2464
Top notch Multipurpose WordPress Theme!
Call us toll free: +55 11 3063 2464

O que fazemos

 

10  

Identificamos necessidades de comunidades, órgãos públicos e empresas privadas e as transformamos 

em projetos e programas culturais e sociais. Nossa missão é disseminar e democratizar os direitos humanos, 

empoderando todas as pessoas para que se tornem cidadãs. 

 

Somos especializados em: 

 

Elaboração e gestão de projetos próprios e de terceiros; publicação de revistas, livros, documentários e afins;

Promover atividades educacionais, culturais e sociais; instrumentos de monitoramento e avaliação de projetos;

registro da produção, organização e sistematização de informações; capacitação e formação de agentes e

profissionais em áreas de natureza pública ou privada, com vistas à execução de políticas sociais

 4444444444

Escolhemos trabalhar com projetos que possamos: 

Assessorar e apoiar o desenvolvimento da cidadania,

dos direitos humanos, dos valores éticos e da afirmação

da vida, seja qual for sua expressão.

 

Desenvolver políticas relacionais públicas e privadas visando

ao apoio do desenvolvimento sustentável local e integrado,

à responsabilidade social, à intercessão social e ao exercício

pleno da ética e da cidadania;

22222222222 esquerda

KKKKKKKKKKK

Promover e incentivar a solidariedade e o voluntariado;

Promover atividades educacionais, culturais e sociais;

Criar, estimular e fomentar redes que facilitem o acesso

à informação e deem visibilidade às ações realizadas. 

 33333333333 esquerda

 

imagem1 Os pilares de nossos projetos: escolhemos uma forma agradável

e acessível de promover e expressar o resultado das ações;

tomamos um posicionamento e criamos ações; reconhecemos

a existência do outro e identificamos os seus valores.

Do papel a prática

img2

A importância

de conhecer

  os dois lados. 

img3

Alguns projetos continuam na gaveta porque sobra vontade,

mas falta conhecimento técnico para transformá-los em

realidade. Outros, porque o conhecimento técnico é alto,

mas falta a sensibilidade e compreensão das relações 

entre comunidades fundamentais para sua execução. 

O Relacionais atua nos dois lados. Fazemos a ponte entre

a subjetividade das relações humanas e a objetividade das

instituições. Em uma ponta ou outra do processo, não buscamos

apenas tirar (informações, recursos, histórias), mas sim devolver,

dando a cada um o acesso ao que é seu por direito. 

Como fazemos um projeto?

 

Uma ideia, seu projeto pronto ou ainda em fase de elaboração, nossa missão é

fundo branco

 

 

 

 

 

Formatamos o seu projeto – afinal, um projeto bem formatado na 

área técnica, financeira e jurídica gera maior interesse de patrocinadores

e dá mais segurança à instituição que o executa – e mobilizamos potenciais

patrocinadores para captação de recursos. Tudo sempre junto à equipe 

que desenvolveu a ideia do projeto, assegurando o retorno do investimento 

social e/ou cultural para todos os lados envolvidos nele.

 

 

 

Mobilização e engajamento à distância: nós fazemos!

 

Nosso trabalho está localizado na realidade. Atuamos entre-lugares. 

Acreditamos que todo espaço só existe graças às relações entre as pessoas 

que nele atuam, além de suas afetividades e subjetividades. 

É por isso que, para além de um espaço físico, trabalhamos com comunidades,

seja uma cidade inteira, um grupo social, uma população. 

Trabalhamos para a mudança, com espontaneidade e criatividade,

campo fértil onde podemos transformar pensamento em ação.

Trabalhamos in loco e à distância.

 

Nossa base metodológica com grupos por meio da Socionomia

é a ciência das leis sociais e das relações: A socionomia é caracterizada

fundamentalmente por seu foco na intersecção do mundo subjetivo,

psicológico e do mundo objetivo, social, contextualizando o indivíduo

em relação às suas circunstâncias. ”  O método consiste em entrar

dramaticamente em contato com as situações e extrair delas aquilo

que sua natureza permite e que ainda não foi explorado.

 

Nosso foco é a relação existente entre os integrantes de um grupo,

analisando a configuração e o propósito deles co-existirem juntos.

Um grupo é diferente de um bando de gente juntas,

um grupo nasce com empatia, alinhamento de interesses e objetivos em comum.

 

Os princípios metodológicos que adotamos foram apoiados numa

perspectiva dialógica e crítica voltados à reflexão para o exercício

de sua cidadania: problematização, discussão e não imposição de valores,

assim estabelecendo um “contrato didático” de funcionamento do grupo.

Quais questões para refletirmos: 

 

  • Quais são os objetivos do grupo?
  • Que valores fundamentam a articulação?
  • Quando surgiu e como vem se desenvolvendo?
  • Como trabalha?
  • Com que periodicidade?
  • Existem pactos de convivência/padrões de relacionamento entre seus membros?
  • Os interesses, compromissos, atitudes e motivações visam o coletivo e a causa?

 

Com a tecnologia cada vez mais utilizada como ferramenta para mobilizar

encontros e engajar pessoas, estamos atentos à esta modalidade

de formação grupal como desafio ao nosso trabalho: à distância!

Desenvolvemos uma metodologia de interação e engajamento por meio

das ferramentas tecnológicas existentes (WhatsApp, Facebook, Chat etc).

Nada é melhor do que o encontro presencial – o olho no olho –  

mas em várias etapas do trabalho de formação de grupos,

é possível desenvolver estratégias que facilitam esta aproximação

e otimização o tempo da correria deste dia a dia dos tempos modernos.

Significa avançar em produção, disponibilização de informações e ampliação

do espectro de atores e beneficiários reunidos através da iniciativa,

para que os conhecimentos produzidos e apropriados possam ir além

dos contornos institucionais já estabelecidos. O grupo ganha expressão

e legitimidade na medida em que suscita o interesse dos integrantes

originais e de novos atores em participar e contribuir para o seu desenvolvimento.

Alguns itens importantes:

 

  • Participação: indica a consolidação do ambiente de rede – o reconhecimento, a utilidade e a legitimidade da rede, levando em conta as interações e a colaboração entre os atores.
  • Geração e troca de conteúdos: indica a intensidade da produção e da troca de informações e conhecimentos.
  • Interatividade e conectividade: indica se os fluxos de informação convergem para o todo e/ou suas ramificações de acordo com a intencionalidade da rede e os interesses dos integrantes.
  • Adesão – ampliação da rede (novos atores)

 

Nosso método de trabalho com diversos grupos à distância têm tido êxito

e resultados para contribuir para a mobilização,

engajamento e solução de conflitos.

 

Que tal saber com mais detalhes sobre essa metodologia

para a sua equipe de trabalho, para os grupos que você pertence?

 

 

Translate »